sábado, junho 16, 2007

APOSENTADORIA IMERECIDA

Começa a causar polêmica o caso da pensão ao latrocida totalitarista, Carlos Lamarca, ex-oficial do Exército Brasileiro que se travestiu de guerrilheiro para cometer seus crimes contra o país.

A concessão da aposentadoria converte um criminoso em mártir e garante à sua família uma renda a qual não há direito algum. Carlos Lamarca abandonou seu posto, roubou equipamento militar, participou da morte de companheiros de caserna por livre e espontânea vontade.

Este benefício simbólicamente reintegra-o à instituição, humilhando as forças armadas, quebrando a hierarquia e a disciplina. Passando assim a mensagem que o crime compensa, alguns a curto prazo, outros, por não envoverem diretamente membros do três poderes, no longo prazo.

Indenizar Lamarca hoje, é garantir uma solicitação futura por parte de Fernandinho Beira-Mar, afinal, não há absolutamente nada de diferente entre eles.

2 comentários:

Marcos disse...

http://blogdoalon.blogspot.com/
Leia o ultimo post do bloguista e tente responder com argumentos se for capaz. Duvido.

Carl Amorim disse...

Caro Marcos,

Quando os Alemães (ou qualquer outra exército estrangeiro) invadir o Brasil desfilando pela esplanda dos Ministérios e um membro da esquerda tiver a coragem de lutar contra, eu pessoalmente o condecorarei e lutarei pelo reconhecimento de sua participação.

Mas quando um criminoso assalta e mata brasileiros. Lutando para dar a estes brasileiros um futuro negro, totalitário e sanguinário como vimos em Cuba, Cambodja e etc.

Eu me levanto contra. Contra ele e contra um imbecil como você, que distorce os fatos e não tem nem coragem de se identificar.

Vai ver se este teu papo cola em outras paragens, porque aqui é lugar de gente esclarecida.