domingo, agosto 27, 2006

EFEITOS DO "PUDÊ"

Numa daquelas reportagens que não podiam passar em branco, o UOL publica em conjunto com a Folha um pequeno estudo sobre evolução patrimonial dos políticos eleitos nas duas últimas eleições para Assembléias e Congresso.

O resultado?

Ora caro leitor, confira você mesmo ao final deste post, assim nenhum canalha estrelado vai me acusar de tendencioso, reacionário e radical.

O ponto central é a grande diferença na capacidade de acumulação de patrimônio dos parlamentares que compõe a "base do governo em relação a seus colegas da oposição. A conclusão implícita é a de que se trata de gente muito competente, ou crime organizado.

Ou seria apenas crime organizado muito competente?

Políticos do PT são os que têm o maior avanço patrimonial

4 comentários:

giovanni torres disse...

Aí os nossos eleitores falam: "Uai, na época do FHC foram os tucanos que enriqueceram. Normal. Vou votar no Lula."

Já to enjoado desses universitários ignorantes.

P@T@ disse...

O "crime organizado" nem precisaria SER ORGANIZADO, já que o país é terra sem lei. Aqui é a "Casa da Mãe Joana".

Anônimo disse...

Imprensa calada, é o desejo do ômi do pudê...


JÁ SE vê A OLHO NÚ O

P A R E D O N, que nos espera !!!!

Anônimo disse...

seria tão fácil.....

http://www.youtube.com/watch?v=NAQP-btsf5M